amor aos animais
mais de 40 anos prestando serviços aos animais
   Rua Santa Clara, 327-A - Copacabana
   Rio de Janeiro - RJ - CEP: 22041-011
   Localize no mapa >
DOR DE OUVIDO: A PREVENÇÃO É O MELHOR REMÉDIO

Nós do INPA somos continuamente preocupados com a saúde de nossos pacientes. Estamos antenados com as mudanças tecnológicas e culturais que cercam esta fascinante ciência que é a medicina-veterinária de animais de companhia. Atualmente o foco da instituição está direcionado para a prevenção das moléstias que afetam nossos animais,antes que elas se manifestem ou pelo menos que sejam identificadas e tratadas nos primeiros momentos de sua instalação .
Muitas vezes nossos veterinários diagnosticam problemas nos ouvidos quando eles já se encontram em fases de evolução avançadas,tornando difícil e extenuante seu tratamento.
Devido as dificuldades da vida atual muitas vezes os proprietários não conseguem levar seus animais ao INPA com a freqüência ideal para que nosso corpo médico possa perceber o início de alguma patologia. Os proprietários podem e devem se habituar a examinar seus mascotes com alguma freqüência e relatar anormalidades encontradas brevemente. Nosso presente artigo tem como objetivo pedir-lhes que olhem os ouvidos dos pets pelo menos uma vez por semana.

dor de ouvido

Cães maiores devem ser colocados em uma mesa para facilitar a visualização da entrada do canal auditivo.Voce deve levantar a Pinna da orelha(fig 1) das raças que as possuam caídas e observar se esta região esta seca ,fria ,com coloração normal e livre de odor e excesso de secreções. Os principais problemas relacionados com dores no ouvido ocorrem na chamada região do canal auditivo externo(composto pelo canal vertical e o canal horizontal) fig 1. Mais profundamente temos o chamado ouvido médio e ouvido interno onde se localizam propriamente os órgãos responsáveis pelo sentido da audição) fig 1. A pele que circunda o canal auditivo interno é rica em glândulas que secretam um tipo especializado de gordura a chamada cera de ouvido.Em circunstâncias normais esta cera funciona como barreira protetora impedindo a entrada de sujeira antes que ela se aprofunde no canal . Todo o ouvido(externo,médio e interno) é circundado por uma proteção cartilaginosa que ajuda na manutenção da arquitetura.
O cão ou gato com dor de ouvido esfregam a cabeça no tapete ou na quina do sofá. A entrada do conduto pode estar vermelha com excesso de secreção ceruminosa com mal cheiro ou mesmo com produtos purulentos nas afecções de maior gravidade. Ao primeiro sinal de um ou mais desses sintomas você deve nos procurar. O veterinário que atenderá seu animal procurará por vários meios identificar a causa do problema muitas vezes através de algum exame auxiliar laboratorial. As causas podem incluir :

  • Parasitos ,onde se sobressai as sarnas de ouvido e algumas vezes carrapatos.
  • Corpos estranhos ,principalmente os de origem vegetal como galhos de arbustos podem se alojar profundamente causando desconforto e infecções oportunistas.
  • Doenças de pele podem afetar os ouvidos uma vez que temos estes tecidos revestindo a superfície interna dos canais auditivos.Doenças imuno-mediadas(em que o corpo é atacado pelo seu próprio sistema imunológico), infecções por fungos , alergias desencadeadas por agentes inalantes ou alimentares podem causar distúrbios em quaisquer partes do organismo incluindo os ouvidos.
  • Infecção bacteriana ou fúngica. Bactérias e fungos estão presentes normalmente no ouvido dos animais.Sob circunstâncias normais a temperatura normal,umidade , fluxo de ar e mecanismos de defesa da pele estes organismos convivem pacificamente no ouvido. Mas se estes mecanismos mudam pode haver multiplicação de um ou mais organismos causando a infecção.

Uma coisa que podemos fazer para evitar doenças no ouvido de nossos animais é evitar umidade nos banhos com cuidados especiais ou ainda colocando algodão antes de cada toillette.Seu veterinário pode também indicar a remoção de excesso de pelos pelo nosso pessoal de enfermagem(se estes obliterarem mais de 50 % do canal auditivo) pois é sabido que ajudam na formação de problemas auriculares impedindo a circulação de ar e retendo umidade. Mais de 80 % de nossa casuística neste assunto específico ocorrem em cães com pinnas de orelha caídas como ocorrem com Poodles e Cockers spaniels. Os pastores alemães também são famosos pela gravidade de seus problemas com ouvidos embora sejam uma raça com as pinnas eretas.Comece hoje mesmo o exame dos ouvidos de seu(s) pet(s). Não deixe em caso de dúvida de nos procurar. Estamos como há mais de 35 anos , a sua inteira disposição.


Você encontra tudo o que precisa para o seu pet e ainda conta com o serviço de entre...

 Dicas e Curiosidades

São comuns em cães de meia idade e idosos. Fique atento! São elas:

H...

Belchior Chien Maria e Don Quixote Lille Thiffany
Formas de Pagamento
dinheiro, cheque, cartão de débito redeshop e visa electron, cartão de crédito visa, mastercard, diners e american express
Siga o INPA
Endereço
Rua Santa Clara, 327-A - Copacabana
Rio de Janeiro - RJ - CEP: 22041-011
Localize no mapa >       Telefones >